Motociclismo na sua forma mais autêntica: instinto sobre a mente, tecnologia não por si só, mas como uma maneira de criar espaço para fantasia e emoção em vez de contemplação sóbria e cálculo objetivo. Esta foi a mensagem que acompanhou a estreia do BMW Motorrad Concept R 18 no Concorso d’Eleganza Villa d’Este em maio de 2019.

O coração do novo BMW R 18, o motor boxer de 2 cilindros de maior capacidade de todos os tempos – o “Big Boxer” – que desempenhou um papel fundamental não apenas nos dois protótipos da BMW Motorrad – Concept R 18 e o Concept R 18 / 2 – mas também nas motos personalizadas suportadas pela BMW Motorrad, nomeadamente “The Departed” da ZON e “Birdcage” da Revival Cycles, não apenas em termos de aparência, mas também do ponto de vista técnico, faz a ponte com os tradicionais motores boxer que eram sinónimos das motas de Munique, desde o início da produção da BMW Motorrad em 1923, até o surgimento do sucessor arrefecido a ar/óleo. Eram motores com um design claro, criados para optimizar a fiabilidade e a facilidade de manutenção, apresentando uma tecnologia logicamente organizada, no entanto poderosa.

O novo “Big Boxer” possui as mesmas características estruturais que distinguiram o primeiro motor boxer BMW Motorrad, que naquela época tinha válvulas controladas lateralmente. O motor boxer de dois cilindros de maior capacidade já usado na produção de motas é um motor de 1 802 cc com uma potência de 67 kW (91 hp) às 4 750 rpm e torque máximo de 158 Nm que está disponível às 3 000 rpm, no entanto mais de 150 Nm estão disponíveis das 2 000 às 4 000 rpm de forma a garantir uma enorme força de tracção o que em conjunto com uma massa de volante de tamanho generoso, conferem uma suavidade exemplar.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Talvez também queira ler...

Celebração dos sabores locais

A BuzzMag aproveitou o excelente conforto do Nissan​