A Ford deu vida ao Mustang Mach-E através de um processo de desenvolvimento centrado inteiramente nas necessidades e desejos dos clientes. O resultado traduz-se num SUV elegante e bonito, espirituoso e fácil de conduzir, que vai tornando o Mustang Mach-E cada vez melhor ao longo do tempo. Quando chegar ao mercado no final de 2020, o Mustang Mach-E estará disponível com opções de bateria standard e com extensor de autonomia, em versões de tracção traseira ou integral.

Equipado com uma bateria com extensor de autonomia e tracção traseira, o Mustang Mach-E terá uma autonomia máxima 100% eléctrica de 600 km, segundo a regulamentação WLTP. Com tracção integral e extensor de autonomia, o Mustang Mach-E deverá alcançar os 337 cv (248 kW) de potência e 565 Nm de binário.

A Ford também irá disponibilizar uma versão especial de elevada performance: o Mustang Mach-E GT, proposta que deverá acelerar dos 0 aos 100 km/h em menos de 5 segundos, tendo uma potência estimada de 465 cv (342 kW) e 830 Nm de binário.

No interior do Mustang Mach-E: Os designers da Ford trabalharam afincadamente com os clientes, de modo a compreender como aqueles prefeririam usar o interior dos seus veículos. Projectado com proporções de um SUV, de modo a acomodar confortavelmente cinco adultos, o Mustang Mach-E deixa muito espaço para as crianças e respectiva bagagem.
Para além do espaço de arrumação à frente, a bagageira traseira conta com 402 litros de espaço de carga. Com os bancos traseiros rebatidos, o Mustang Mach-E alcança 1.420 litros de volume disponível.
No interior e em todos os lugares, o Mustang Mach-E representa uma fusão de um design elegante e moderno, com uma funcionalidade inteligente. Um sistema Premium B&O Sound System disponível inclui altifalantes perfeitamente integrados na frente do habitáculo, flutuando logo acima das saídas da climatização como se tratasse de uma barra de som. Um apoio de braços flutuante, do tipo flip-up, permite armazenar malas ou pequenas bolsas. Elementos distintivos do design Mustang, como o painel de instrumentos duplo, completam o interior. O tejadilho é em vidro fixo, do tipo panorama, revestido com protecção infravermelha, que ajuda a arrefecer o interior no Verão e a torná-lo mais quente no Inverno.

A Ford é, membro fundador e accionista do consórcio IONITY, entidade que visa construir 400 estações de elevada potência em pontos-chave na Europa até ao final de 2020. Tal permitirá uma redução significativa nos tempos de carregamento para veículos totalmente eléctricos,em comparação com os sistemas actualmente existentes, mostrando-se ideais para viagens de longa distância. Com um pico de potência de carregamento de 150 kW, o Mustang Mach-E, com extensor de autonomia e na variante de tracção traseira, poderá percorrer até 93 km após 10 minutos de carga numa estação DC de carregamento rápido. Estima-se que o Mustang Mach-E standard carregará entre 10 a 80 por cento da sua carga em cerca de 38 minutos, numa estação DC de carregamento rápido.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Talvez também queira ler...

Honda Civic TypeR FK8

Como diz um grande amigo meu… “Este automóvel