O Leaf já circula nas nossas estradas à longos anos e com uma fiabilidade comprovada. Fomos verificar se o Buzz que se ouve em redor dos eléctricos se comprova ou é mito urbano.

O Nissan Leaf, irá agora ser substituído por uma versão mais elegante e que promete mais kms, no entanto, o modelo actual ainda satisfaz, numa utilização citadina.
A autonomia não é nada de brilhante se pensarmos em distancias entre abastecimentos completos, no entanto, cumpre com eficácia o que lhe é pedido dentro da cidade.

Os pontos negativos que se lhe apontam nem tem a ver com o veiculo em si, mas com o facto de os postos de abastecimento serem escassos.
Após alguns contactos, conseguimos uma dica que nos indicou um posto recente e tivemos a sorte de não estar ocupado. Dezoito minutos depois estávamos com 80% de carga e com 3 LEAF na fila para abastecer. O tempo de espera passa rápido entre dois dedos de conversa com os restantes proprietários e o tempo de abastecimento, que por agora ainda é gratuito, dissipa-se em menos de nada.

O futuro sorri a esta nova geração de eléctricos, no entanto será necessário apostar mais nos postos abastecedores rápidos, para uma maior adesão.

Deixar uma resposta

Talvez também queira ler...

FIAT 500L WAGON

Comecei por estranhar a posição de condução, o