O original DeLorean foi produzido em 1981, mas apenas foram feitos 9000 unidades até a empresa entrar em bancarrota e, 1983. Ironicamente, dois anos depois o DeLorean tornou-se uma peça de colecção quando foi escolhido como “máquina do tempo” em Regresso ao Futuro.

Nos anos 90, o mecânico Stephen Wynne comprou o nome “the DeLorean Motor Company” assim como todos os restos de peças da antiga fábrica de Belfast, e levou tudo para o Texas onde começou a “montar” carros, alguns com peças de outros carros.

As encomendas foram crescendo e por questões económicas aumentaram o volume de produção. Stephen Wynne prevê que agora pode passar de uma média de um carro por mês, para um carro por semana.

O contra é que prevê ter apenas peças para 300 veículos.

O novo DeLorean prevê um motor mais potente e ecológico que o original. Terá também rodas maiores, melhores travões, e “luxos” como Bluetooth, GPS e bancos aquecidos.

O preço previsto é de €89.000, e só estará disponível em 2017

Talvez também queira ler...

Geração Mazda3 2017 chega a Portugal

Com míseros 11 kms no odómetro e dotado